Ambiente virtual de debate metodológico em Ciência da Informação, pesquisa científica e produção social de conhecimento

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Exercício de formulação de resumos de pesquisa


A proposta é verificar o nível de entendimento que a comunidade ligada à Ciência da Informação tem do resumo de sua pesquisa.  A atividade ocorrerá da seguinte forma:
  1. Eduardo Alentejo postará um resumo na manhã de 6ªf, dia 21/maio;
  2. o resumo deverá: 
    ter até 150 palavras,
    apresentar o problema (ou objetivo geral) da pesquisa,
    indicar qual é a base teórica,
    indicar qual é a base empírica,
    sinalizar como se dará a execução (metodologia),
    primar pela precisão e clareza;
  3. quem vier na sequência comentará o resumo anterior quanto:
    a) clareza e compreensão,
    b) precisão,
    c) sugestões;
  4. após o que deverá postar seu próprio resumo, para que uma nova rodada seja iniciada;
  5. o prazo é até às 23:59, horário de Brasília, do dia 31/maio;
  6. em 1/junho o Eduardo comentará o último resumo, encerrando a atividade. 
Atividade semelhante já foi realizada neste blog, porém com um modelo mais aberto. Clique aqui para acessar, e analise os comentários detidamente.

18 comentários:

  1. Analisa o desenvolvimento científico em Saúde pela mediação de bibliotecas universitárias sob o foco da qualidade da informação. Considera sua prestação de serviços baseada em qualidade como elemento impactante no desempenho de sua comunidade. Questiona a padronização dos modelos vigentes sobre gestão da qualidade em bibliotecas quanto sua eficácia. Para tanto, avalia três bibliotecas em condições sociais e econômicas distintas, sendo duas no Brasil e uma nos Estados Unidos. Utiliza os critérios de excelência desenvolvidos no Marketing de Serviços para elaboração de questionários a serem aplicados em trabalho de campo no âmbito da biblioteca e sob a visão de seus usuários. Assim, concebe qualidade da informação sob o foco do usuário tal como foram concebidas as teorias da qualidade.

    ResponderExcluir
  2. Clareza - não identifiquei os aspectos metodológicos. As três bibliotecas foram selecionadas por quais crtitérios? Como se dará a execução da pesquisa?
    Sugestões - Ser claro quanto aos programas de avaliação de qualdiade em Bibliotecas (Libqaul, Servqual, ISO etc.) Exemplo: A Biblioteca da USP tem um programa de qualidade fundamentado no Libqual.

    ResponderExcluir
  3. Meu resumo
    Apresenta e estuda os conceitos de social bookmarking e guia de literatura sob a óptica dos processos de organização e recuperação da informação na web. Com fundamento nos textos de Ashworth (1981), Borges (2009), Caldeira (2000), Cunha (2001), Farkas (2007, 2008), Grogan (1970), Maxymuk (2007), Redden (2010) e Rethlefsen (2007) analisa comparativamente as plataformas de social bookmarking existentes, quanto à sua adequação para a produção de um guia de literatura na web. Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva, com enfoque qualitativo na análise dos dados, cuja abordagem está embasada na Teoria Fundamentada (Grounded Theory). A amostra classifica-se como não-probabilística, formada pelo critério de intencionalidade e é composta por quatro plataformas: 2COLLAB, BIBSONOMY, CITEULIKE e CONNOTEA. Os instrumentos de coleta de dados são: a pesquisa bibliográfica, a pesquisa documental e a observação das ferramentas a partir de um protótipo de guia de literatura desenvolvido em plataforma de social bookmarking.

    ResponderExcluir
  4. Depois de saber o que é social bookmarking (pelo menos acho que sei), considero o resumo bem preciso, mas um leigo total encontrará dificuldades para compreendê-lo no todo.

    ResponderExcluir
  5. Meu Resumo:

    Este trabalho visa mostrar como o serviço de desenvolvimento de coleções em bibliotecas está sendo, e como será futuramente influenciado pela Internet, no que tange às várias formas de acesso, formato e suporte possibilitados e disponíveis para o usuário, no uso da informação fidedigna na grande rede.
    Para sua realização, inicialmente será feita uma revisão de literatura utilizando diversas fontes, tanto em meio eletrônico como convencional, como livros e artigos de autores consagrados que versem sobre o assunto Internet, e sua ligação com as bibliotecas e ao Desenvolvimento de Coleções. Num segundo momento, poderão ser realizadas consultas a bibliotecas selecionadas, cujo público alvo seja diverso uma da outra, como escolares, públicas, universitárias e especializadas. Essa consulta visará descobrir a política de desenvolvimento de coleções adotada por cada uma, e a respectiva influência exercida pela Internet no momento da implementação da mesma.

    ResponderExcluir
  6. Peço que os comentaristas se atenham as regras da atividade, itenizando a análise do resumo conforme foi postado:
    a) clareza e compreensão,
    b) precisão,
    c) sugestões.

    Após isso cada comentarista deve, na sequência imediata, colocar o próprio resumo.

    ResponderExcluir
  7. A) Clareza e compreensão – O objetivo poderia ter sido colocado de forma mais clara, ex., a influência da Internet no serviço de desenvolvimento de coleções em bibliotecas.
    B) Precisão – Faltou especificar os fundamentos teóricos a serem utilizados.
    C) Sugestões – aqui coloco uma dúvida. Como saber como o desenvolvimento de coleções será influenciado futuramente pela Internet? Através de que método de pesquisa?

    Meu resumo:

    Estuda os sistemas de informação gerencial sob a perspectiva do marketing da informação. Para tanto serão avaliadas a demanda de informações dos operadores da Justiça no Ministério Público do Distrito Federal visando uma efetiva prestação jurisdicional à sociedade e a oferta delas, em quantidade e qualidade, disponível no sistema de informações da instituição, o SISPROWEB.
    A base teórica é composta por estudos sobre marketing, marketing da informação, sistemas de informação gerenciais e qualidade da informação. Destacando entre os autores Kotler (2000), Amaral (2007), Rezende (2006), Laudon e Laudon (2007), O’Brien (2002), Moresi (2000), Dias (2005) e Calazans (2008). A metodologia prevê a análise de informações (a serem definidas) coletadas a partir dos membros do MPDFT. Serão consideradas a oferta e qualidade das informações segundo indicadores de qualidade apontados na literatura da Ciência da Informação.

    ResponderExcluir
  8. Não tenho grandes considerações a fazer acerca do resumo acima. Acho que o texto reflete o atual estágio da pesquisa e atendeu aos requisitos determinados pelo professor.

    Segue o meu resumo:

    As taxonomias navegacionais consagraram-se como instrumentos utilizados na organização e na localização de produtos disponibilizados em sítios de comércio eletrônico. Diante das semelhanças que estas ferramentas encerram em relação às linguagens documentárias tradicionais, considerando a dicotomia de Conway e Sligar (2001), propõe-se uma pesquisa que verifique o emprego das taxonomias navegacionais como instrumentos para representação e organização da informação. Para tanto, selecionar-se-á uma amostra de taxonomias empregadas em sítios de empresas varejistas de comércio eletrônico com o intuito de contrapor os princípios classificatórios utilizados na construção de tais instrumentos às teorias e princípios clássicos da área de classificação: a classificação facetada de Ranganathan, a Teoria do Conceito de Dahlberg, a relação semântica estabelecida entre os termos de um tesauro. Dessa forma, almeja-se obter insumos para a proposição de um modelo de construção de taxonomia navegacional, alinhado àqueles utilizados na construção de outras linguagens documentárias.

    ResponderExcluir
  9. Observações
    a) clareza e compreensão:
    Para os que não sabem o que significa "taxonomias navegacionais" acredito ser um pouco complicado identificar exatamente o objeto da pesquisa. Entretanto, para os da área de CI, o resumo está bem claro.

    b) precisão: o resumo foi conciso, objetivo e apresentou os principais elementos da pesquisa respeitando o limite de no máximo 150 palavras.

    c) sugestões: sugiro que o autor defina o conceito de taxonomia navagacional na introdução do resumo.


    MEU RESUMO:


    O direito ao acesso às informações governamentais foi garantido na Constituição Federal de 1988. O acesso a informações governamentais não é apenas um desígnio de cidadania, mas também um instrumento de modernização dos serviços públicos. Entretanto, por que informações governamentais que a priori teriam que estar disponíveis à população sofrem algum tipo de restrição de acesso? Esse projeto se propõe a discutir a problemática do acesso/restrição às informações governamentais no Brasil no âmbito do conceito de Governança Informacional. Como a elaboração teórica sobre Governança Informacional foi definida recentemente, em 2002, por González de Gómez, acredita-se que ainda não há subsídios suficientes para uma pesquisa empírica. Dessa forma, será realizada uma pesquisa teórica, baseada na revisão bibliográfica sobre o tema por meio de fontes secundárias.

    ResponderExcluir
  10. A- Clareza e compreensão: a primeira frase ficou “solta”, necessitando de uma reorganização das idéias para ficar mais clara. Sugestão: o acesso a informações governamentais além de um desígnio de cidadania, conforme direito garantido pela Constituição Federal de 1988, é também um instrumento de modernização dos serviços públicos.

    B- Precisão: gostei do resumo, no entanto acho que seria interessante definir o escopo de governança informacional.

    Meu resumo:

    A valorização da informação sob uma ótica mercadológica exige atualização constante do empresário que demanda informações relevantes, tornando-se "arma do negócio" quando gerenciadas de forma eficiente, conforme destaca Choo (2001). Essas informações podem ser obtidas em sítios especializados, tais como SEBRAE e SENAI, sendo assim a web passa a ser vista como um campo propício para a disseminação de informação estratégica em razão de suas facilidades de acesso, contudo é primordial avaliar a qualidade e a usabilidade dessa informação com embasamento nos teóricos da Ciência da Informação e na Teoria da Qualidade centrada no usuário. Diante o exposto, pretende-se analisar a qualidade da informação disponível nos sítios do Sistema S (SEBRAE e SENAI) a partir da perspectiva dos empresários do Distrito Federal, mediante a realização de um estudo de caso, considerando suas necessidades informacionais no processo de tomada de decisão.

    ResponderExcluir
  11. Clareza:

    Entendi que a base empírica é o conceito de Governança Informacional, essa é a compreensão correta ou será analisada alguma instituição em específico que atue segundo esse conceito?

    Precisão:

    Nesse quesito o resumo está jóia.

    Sugestões:

    Considerar na pesquisa, também, q o direito ao acesso a informações governamentais é relativo, ver por exemplo o decreto n°. 4553, de 27/12/2002.


    ---
    ps. se não me engano boa parte da turma está postando as análises no outro link q o professor pôs no post do exercício


    MEU RESUMO

    Estuda o processo judicial digital como documento diplomático arquivístico, focando a discussão do metadado como instrumento para análise da fidedignidade e autenticidade documental. A partir de uma base teórica que tem como núcleo o pensamento de Duranti, Bellotto, Rondinelli, Lopez, Dollar, Rousseau & Couture e Santos, busca compreender o e-STJ, software desenvolvido pelo Superior Tribunal de Justiça para o processamento de ações judiciais por meio de autos digitais, em sua natureza de Sistema Informatizado de Gestão Arquivística de Documentos (SIGAD); verifica o nível de aderência do e-STJ ao modelo de Requisitos para Sistemas Informatizados de Gestão de Processos e Documentos do Judiciário Brasileiro (Moreq-Jus) e, utilizando-se do ferramental teórico e metodológico da diplomática, analisa os autos de processo judicial geridos por esse sistema.

    ResponderExcluir
  12. Pelo que entendi, a pesquisa acima visa analisar o e-STJ e verificar como ele garante a fidedignidade do processo judicial digital tendo como base a teoria da diplomática. Além disso, o e-STJ será comparado ao modelo Moreq-Jus para esse tipo de sistema.
    Enfim, o resumo me parece claro e preciso. Só não entendi o porquê de fazer a comparação com o modelo. Seria validar o modelo?

    --
    Meu resumo:
    Fundamentado em IBM (2009, 2009a) considera-se que muitas organizações precisam melhorar o trabalho de captura e entendimento de informação para tomar decisões mais efetivas e oportunas.
    Microsoft (2009), IBM (2009a), Davenport (2007), Tapscott e Williams (2007) e Rezende (2005) incentivam a adoção de sistemas computacionais para gestão da informação. Entretanto, Desouza (2003) afirma que engenheiros de software tendem a abandonar esse tipo de sistema, afirmação que vai ao encontro do que foi dito em IBM (2009, 2009a).
    Dito isso, fica aparente uma lacuna entre a necessidade de gestão da informação e a capacidade dos meios que se propõem a realizá-la. Esta pesquisa, então, visa investigar o que é necessário para cobrir essa lacuna. Propõe-se uma revisão de literatura acerca de abordagens para esse problema, bem como a adoção de um estudo de caso, objetivando a proposta de um modelo que envolva pessoas e sistemas para melhor aproveitamento de informações.

    ResponderExcluir
  13. A pesquisa do Carlos é muito rica e certamente complexa, o que dificulta a elaboração de um resumo conforme as diretrizes do exercício. Talvez, você possa reestruturar seu resumo empregando o modelo: 1Declaração do tema 2 abordagem teórico-metodológica 3 Problema 4 Justificativas/hipóteses.
    Prezada Maira o que você aponta que falta em meu resumo está claramente apresentado. Gostaria de sinalizar que você buscasse entender mais um pouco sobre qualidade e programas de qualidade. Lamento, mas seu comentário não é pertinente ao que foi apresentado. Gostaria de aprender um pouco mais sobre o assunto qualidade? Se sim, me envie um e-mail. Saudações a todos!

    ResponderExcluir
  14. Para Maira:
    'Apresenta e estuda' não é reduntante? O seu resumo começa com esse ruído. Sugiro que você empregue apenas uma ação de caráter científico.

    ResponderExcluir
  15. A atividade, para efeitos de nota, está encerrada, porém o espaço segue aberto para aqueles (alunos ou não) que quiserem seguir com o bate-bola.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Quanto ao resumo apresentado pelo Carlos Brasileiro, a respeito da compreensão, classifico como alta. Quanto a clareza, acredito que as citações não contribuíram para o tópico, embora acrescentaram quanto à precisão (em sentido estrito). Não tenho sugestões para o resumo.

    MEU RESUMO:
    Projetos de desenvolvimento de software apresentam índices altos de insucesso. Este trabalho dissertará sobre como a Arquitetura da Informação pode servir nesse cenário. Ele se proporá a formular um modelo de Arquitetura da Informação para projetos de software e focará na gerência de configuração de software. Com base no modelo que será proposto para software, o trabalho pretende apresentar um modelo de Gerência da Configuração generalizado para a Arquitetura da Informação.

    Base teórica principal: autores da Ciência da Informação, Arquitetura da Informação e Engenharia de Software

    Metodologia:
    pesquisa bibliográfica, a pesquisa documental e a observação das ferramentas

    ResponderExcluir

Comente & argumente