Ambiente virtual de debate metodológico em Ciência da Informação, pesquisa científica e produção social de conhecimento

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Nova ciranda metodológica


Laboratório de conservação da Biblioteca Publica Piloto (Colômbia)
apalopez, Medellín, mar 2014.
A atividade desta semana consiste em construir colaborativamente os resumos dos projetos, em parte para tentar ser menos ouriço.

O primeiro pesquisador indica nos comments:
a) tema de pesquisa;
b) sub-temas;
c) problema geral;
d) base empírica

O seguinte pesquisador irá construir o resumo (com título) da pesquisa do colega com base nas informações anteriores.

Na sequencia, o mesmo pesquisador repetirá os passos de (a) a (d), abrindo nova janela para um terceiro colega e assim sucessivamente.

No final da atividade, a primeira pessoa fecha o ciclo, realizando o resumo do último participante.

O final de ciclo se dará a partir das 18:00hs da próxima 5ªf dia, 27/08. A partir desse momento a pessoa que abriu a ciranda estará autorizada a fechar a atividade quando lhe parecer mais conveniente, até às 14:45hs do dia seguinte, pouco antes de começar a aula.

BOA ATIVIDADE

20 comentários:

  1. Atenção: para evitar que um mesmo indicativo de projeto seja simultaneamente respondido por 2 pesquisadores recomenda-se que, tão logo alguém se prontifique a escrever um resumo do colega, suba imediatamente um comentário indicando: "post de 'fulano' sendo respondido por mim....", para reservar os dados.
    Após a publicação do resumo, e dos dados subsequentes do próprio projeto, favor remover a informação transitória.

    ResponderExcluir
  2. Bruno Carvalho C. Souza25 de agosto de 2015 14:28

    Para começar os trabalhos...

    Tema: Inovação e Arquitetura da Informação

    Subtemas: Espaços de informação. Processo de inovação.

    Problema geral: Como explicar a inovação na produção científica da FCI/UnB no período de 2010 a 2015 a partir dos conceitos de Espaços de Informação e da Metodologia de Arquitetura da Informação Aplicada?

    Base empírica: Produção científica da FCI/UnB de 2010 a 2015 (pós-graduação)

    Título: Info-novação: a informação como estrutura do processo de inovação científica na Pós-graduação da Faculdade de Ciência da Informação da UnB de 2010 a 2015.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resumo: Estudo sobre Inovação e Arquitetura da Informação na produção científica da FCI/UnB. Serão pesquisados os conceitos de Espaços de Informação e da Metodologia de Arquitetura da Informação Aplicada. A metodologia cientifica utilizada será o método exploratório empregando primeiramente a pesquisa bibliográfica e documental. A base empírica por meio do estudo da produção científica da FCI/UnB no período de 2010 a 2015 da pós-graduação.

      Excluir
  3. Tema: O uso da fotografia no processo de decisão organizacional: um olhar do administrador.

    Subtemas: Gestão da informação. Gestão de processos. Informação Criativa. Qualidade da informação. Processo decisório.

    Problema: Qual a relação da fotografia na organização e seu impacto na tomada decisão pelo gestor?

    Base empírica: Produção científica, bibliográfica, documental de usuários da informação estratégica, neste caso, todos os superintendentes, gerentes de primeiro nível e indivíduos alocados nessas gerências.

    ResponderExcluir
  4. RESUMO:
    FOTOGRAFIA E SEUS DESDOBRAMENTOS NO PROCESSO DECISÓRIO
    As imagens fotográficas, obtidas à partir da produção cientifica e documental de colaboradores, podem subsidiar a tomada de decisões quando aplicadas aos processos organizacionais: a fotografia apresenta-se como instrumento de aperfeiçoamento de processos vigentes e também como meio de verificar eventuais desvios em relação à Política Institucional adotada na organização. A fotografia, como fonte de informações, influencia não apenas a Gestão desta, mas também a Gestão dos Processos. Atribuir à fotografia relevância capaz de afetar o processo decisório.

    ResponderExcluir
  5. TEMA: FOTOGRAFIA E JORNALISMO
    TÍTULO: FOTO E VERDADE: A INTERPRETAÇÃO DA IMAGEM E O FOTOJORNALISMO NA EMPRESA BRASILEIRA DE COMUNICAÇÃO-EBC
    SUBTEMAS: FOTOJORNALISMO, DIFUSÃO, INTERPRETAÇÃO DA IMAGEM, INFORMAÇÃO.
    PROBLEMA: COMO A INTERPRETAÇÃO DA IMAGEM FOTOJORNALÍSTICA, ADOTADA PELA EMPRESA BRASILEIRA DE COMUNICAÇÃO EM SEU CONTEÚDO WEB, LIMITA A DIFUSÃO DA INFORMAÇÃO.
    BASE EMPÍRICA: PORTAL DE NOTÍCIAS DA EMPRESA BRASILEIRA DE COMUNICAÇÃO-EBC, USUÁRIOS DO PORTAL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Título: Foto e verdade: a interpretação da imagem e o fotojornalismo na Empresa Brasileira de Comunicação - EBC

      Resumo: A difusão da informação jornalística na web pode ser limitada pelas interpretações que podem ser adotadas pelos profissionais responsáveis pela sua manutenção. O documento imagético pode ser atribuído de diferentes significados, que podem ser resultado de repertórios pessoais, tanto da parte do jornalista quanto do usuário que receberá a informação. A pesquisa sugere a análise de como tais interpretações do documento fotojornalístico afetam o fluxo da informação e tendem a determinar quais as possíveis leituras que serão feitas pelo usuário.

      Excluir
  6. a) tema de pesquisa: Fotografia, Direitos Humanos

    b) sub-temas: Acesso à informação. Cidadania. Documento fotográfico. Documento de prova. Documento fotográfico de arquivo. Técnicas arquivísticas.

    c) problema geral: Os documentos fotográficos, arquivísticos ou não, quando contextualizados e tratados segundo os princípios da Arquivologia e/ou Diplomática, odem ser caraterizados como elemento válido de prova em processos de defesa dos Direitos Humanos?

    d) base empírica: Instituições de defesa dos Direitos Humanos, bibliografia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resumo: A fotografia, tomada como documento, consiste em importante ferramenta na luta a favor dos Direitos Humanos. Fotografias que representam processos violentos contra a humanidade, quando contextualizadas e tratadas segundo os princípios da Arquivologia e da Diplomática, podem assumir o papel de elemento válido de prova em processos judiciais ou reparatórios. A pesquisa busca expor as diferentes formas como o documento fotográfico se apresenta em acervos diversos, além de identificar a forma como o mesmo tem sido acessado e utilizado por instituições de defesa dos Direitos Humanos.

      Excluir
    2. Título: Memória e denúncia: a fotografia como prova na luta contra a violação dos Direitos Humanos

      Excluir
  7. Tema: O documento fotográfico pericial enquanto fenômeno arquivístico.
    Sub-temas: Diplomática. Documento fotográfico de arquivo. Fotografia forense.
    Problema: O documento fotográfico, quando produzido, acessado e utilizado dentro do contexto pericial, possui características únicas, em razão do seu poder de prova e do tratamento arquivístico dispensado ao mesmo. Nesse sentido, é possível, diplomaticamente, classificá-lo como uma espécie documental?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Base empírica: Institutos de Criminalística e seus arquivos fotográficos, bem como demais produções documentais. Bibliografia.

      Excluir
    2. Resumo: A compreensão do documento fotográfico pericial enquanto fenômeno arquivístico envolve a delimitação do contexto de produção quando este é produzido, acessado e utilizado em razão do seu caráter probatório e de suas características unívocas. Nesse sentido esse trabalho aborda a discussão entre a diplomática e o documento fotográfico forense enquanto fenômeno arquivístico utilizando como base empírica os Institutos de Criminalística e seus arquivos fotográficos, bem como demais produções documentais e bibliográficas.

      Excluir
    3. Título: fotografia forense: discussão entre a diplomática e o documento fotográfico pericial enquanto fenômeno arquivístico.

      Excluir
  8. Tema
    Educação e Fotografia
    Subtema
    Projeto Imaginando; Fotografias-conceitos; Aprendizagem; Metodologia de ensino; documento fotográfico; Banco de Imagens; Acesso à informação.
    Problema
    Como a aplicação do ciclo da informação se configura na representação das fotos-conceitos a partir da metodologia Imaginando?
    Base empírica
    Blog Imaginando; público; banners; Base de Dados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O uso de fotografias como ferramenta metodológica de ensino, se apresenta como um modelo que, por meio do projeto Imaginando, atua na produção de fotografias-conceitos que permitem a discussão desses conceitos até atingir algum grau de aprendizagem. O projeto também atua como um banco de imagens organizado de forma a permitir o acesso as informações do projeto. Este trabalho objetiva a análise do ciclo da informação a partir da base empírica que se configura por meio de blog, de banner, da base de dados e do relacionamento com o público.

      Excluir
  9. Tema de Pesquisa:
    Ontologia e Fotografia

    Subtema:
    Arquivologia, Arquitetura da Informação, Acesso a informação, Ciência da Infomação e Ontologia.

    Problema de Pesquisa:
    Como a Ontologia pode contribuir para o acesso aos documentos fotográficos de arquivo dos eventos da União dos Escoteiros do Brasil?

    Base Empírica:
    Eventos da União dos Escoteiros do Brasil

    ResponderExcluir
  10. Resumo: estudo sobre as contribuições da Ontologia para o acesso aos documentos fotográficos de arquivo dos eventos da União dos Escoteiros do Brasil na perspectiva da Arquivologia e da Arquitetura da Informação. Objetiva identificar as relações existentes entre as fontes de informação e as formas de recuperação por meio do significado entre os termos utilizados no acesso à informação contida nos documentos fotográficos de arquivo. A metodologia utilizada é do estudo de caso de natureza exploratória que busca conhecer como se formam as redes conceituais presentes em acervos fotográficos.

    ResponderExcluir
  11. Tema de pesquisa: Fotografia em Assessoria de Comunicação

    Subtemas: Documentos fotográficos de arquivo, fluxo documental, gestão da informação.

    Problema: Qual o fluxo de produção de documentos fotográficos de arquivo de uma assessoria de comunicação organizacional? Como esse fluxo de produção de documentos fotográficos de arquivo se relaciona com a gestão da informação?

    Base empírica: Fotografias da Secretaria de Comunicação da Universidade de Brasília (SECOM/UnB)

    ResponderExcluir
  12. RESUMO:
    O estudo aborda a fotografia em assessoria de comunicação, com enfoque em documentos fotográficos de arquivo, fluxo documental e gestão da informação no acervo fotográfico da Secretaria de Comunicação da Universidade de Brasília. O problema fundamental discutido é o fluxo de produção de documentos fotográficos de arquivo de uma assessoria de comunicação organizacional e sua relação com a gestão da informação.

    ResponderExcluir

Comente & argumente