Ambiente virtual de debate metodológico em Ciência da Informação, pesquisa científica e produção social de conhecimento

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Chamada extra do edital EAIPROC da APQP

Em função do fracasso dos candidatos à ultima edição do  Edital de Apoio Ilimitado à Projetos de Ciência da Informação (EAIPROC), ocorrido no dia 14/06, quando todas as propostas foram glosadas devido a falhas técnicas, a  Associação de Pesquisa dos Quelônios Portentosos (APQP) abre uma oportunidade relâmpago para que pesquisadores renomados da Ciência da Informação possam se candidatar aos ilimitados recursos de pesquisa, conforme indica o edital:

"A APQP torna pública a convocatória à apresentação de propostas de pequisa sobre quelônios portentosos, na categoria Edital de Apoio Ilimitado à Projetos de Ciência da Informação (EAIPROC/2012-II) de acordo com as diretrizes seguintes:
  1. Os projetos são restritos à Área das Ciências da Informação.
  2. Deverão ser elaborados por grupos de profissionais da área, renomados e notoriamente competentes, integrantes da disciplina de Pesquisa em Ciência da Informação do convênio DINTER PPGCINF-UnB/UFES.
  3. Deverão apresentar contribuição significativa para o estudo da situação-problema de Gamera.
  4. Os projetos deverão ter, no máximo, uma página manuscrita, com todas as informações pertinentes para a sua análise, e entregues ao Consultor Plenipotenciário Internacional da APQP Professor Doutor André Porto Ancona Lopez
  5. Deverão ter cópia exata de seu conteúdo informativo publicada nos comments deste post.
  6. O prazo para entrega física do manuscrito encerra-se em exatos 91 minutos após a divulgação do EAIPROC/2012
  7. O prazo para a publicação da cópia eletrônica neste blog encerra-se em exatas 18 horas e 12 minutos após a divulgação do EAIPROC/2012.
  8. Imediatamente após a entrega das propostas manuscritas, os projetos serão apresentados em sessão pública e avaliados, na mesma sessão, pelo Consultor Plenipotenciário Internacional da APQP Professor Doutor André Porto Ancona Lopez. 
  9. Os projetos que apresentarem problemas técnicos quanto à obediência aos termos deste edital estarão sumariamente eliminados.
  10. Os projetos selecionados nesta fase serão submetidos à aprovação do Consultor Plenipotenciário Internacional Sênior da APQP Professor Doutor Eduardo Augusto Tomanik.
  11. O melhor Projeto receberá financiamento pleno da APQP, sem limite de verbas.
  12. A publicação dos projetos, de acordo com o tópico 7 acima é um compromisso assumido por todos os candidatos que submeteram projetos, mesmo que não contemplados, ou eliminados nas sessão prevista no tópico 8.
  13. O não atendimento ao tópico 12 acima privará os envolvidos de quaisquer possibilidades futuras de pleitearem qualquer coisa junto à APQP.
  14. Todas as decisões dos consultores plenipotenciários são absolutas, irrevogáveis e irrecorríveis.
Maiores detalhes podem ser obtidos na url:
http://www.a.PQP.org.int/eh_falsa/ñ_existe/APQP"

6 comentários:

  1. Ana Claudia Borges Campos Wenceslau e Taiguara Vilela27 de junho de 2012 16:36

    Projeto Ruídos do Gamera

    O presente projeto só se justifica se desconsiderarmos que o filme apresentado é uma ficção.

    Problema: Os ruídos nas transferência das informações entre os diversos agentes comuunicadores causam uma distorção do que é o fenômeno?

    objeto: Ciclo de dados, informções e conhecimento;

    Objetivos: identificar e equalizar os ruídos na comunicação entre os diversos atores sobre o fenômeno Gamera;

    Métodos: exploratório - identificar a intencionalidade de cada ator social envolvido na apropriação da informação, de que informção necessita e por que necessita;

    Base empírica: cientistas, militares, jornalistas do filme.

    Base teórica: Schütz, Davenport e Prusack (1998), Barreto (2004)

    ResponderExcluir
  2. Projeto Gammera: Apropriação da Lenda para Explicação da Realidade.

    Autores: Meri Nádia Marques Gerlin
    Rachel Cristina Mello Guimarães

    1 Situação Problema

    No período da realização de uma expedição jornalística ao Alaska ocorreu um conflito entre aeronaves americanas e supostamente russas que resultou no abate de uma das aeronaves. Tal fato, levou a explosão da aeronave no momento do contato com o solo e as pessoas da região acreditaram que tal incidente acionou uma bomba atômica e que libertou um ser lendário em formato de uma tartaruga gigante conhecido como Gammera. Além do exposto, acredita-se que Gammera tenha sido responsável pelo naufrágio de um navio na região. Tal fato levou o exercito americano, cientistas, jornalistas e moradores da região a buscar e trocarem informações a respeito do fato/Gammera.

    2 Objetivos:

    2.1 Objetivo Geral:

    Identificar fatores que levaram ao exercito americano a buscar informações científicas acerca da existência da criatura mítica como explicação da realidade;

    2.2 Objetivos específicos:

    •Resgatar a lenda que é contada na região pelos esquimós como explicação da realidade.
    •Analisar registros a respeito do abatimento do avião russo e os possíveis motivos que ocasionaram no naufrágio do navio na região.
    •Estudar como a teoria científica que afirma a existência de seres lendários auxilia ao exército americano.

    3 Justificativa:

    Um estudo que averigue os fatores que levaram o exercito americano a buscar informações cientificas acerca da existência da criatura mítica como explicação da realidade, pode auxiliar no entendimento dos diversos motivos que levam a sociedade a uma apropriação das lendas como explicação da realidade.

    4 Metodologia:

    Análise de conteúdo cujas informações serão obtidas por entrevista estruturada, levantamento bibliográfico e leitura de documentos.

    5 Resultados Esperados:

    Tendo em vista que as lendas carregam explicitações líricas para acidentes naturais e sociais, busca-se com a realização desse projeto entender o processo de apropriação da lenda por uma instituição militar para explicar a realidade, ao apropriar-se tanto de conhecimento popular quanto do cientifico.

    ResponderExcluir
  3. Grupo: Janyluce Rezende Gama e Rosa da Penha Ferreira da Costa.

    1. Tema: Comprovação da lenda da tartaruga gigante no Alasca: Um estudo à luz da Ciência da Informação

    2. Problema: Como comprovar a veracidade dos fatos narrados sobre a existência da tartaruga gigante no Alasca?

    3. Antecedentes ao problema:
    - Expedição jornalística japonesa ao Alasca;
    - Invasão do espaço aéreo americano no Alasca pelos Russos;
    - Tentativa de contato por parte dos pilotos americanos com os pilotos russos dos aviões invasores;
    - Explosão de uma bomba atômica no Alasca;
    - Narração da lenda da Gamera pelo morador local aos membros da expedição e entrega de um artefato relacionado à lenda;
    - Visualização da tartaruga gigante pelos tripulantes do navio japonês;
    - Envio de informação ao comandante americano sobre os fatos referentes ao aparecimento de uma tartaruga gigante no Alasca;
    - Divulgação nos jornais sobre os fatos ocorridos;
    - Debate entre cientista e militar transmitido pela televisão.

    4. Objetivos gerais e específicos:
    4.1 - Geral: Tentativa de comprovar a veracidade dos fatos narrados sobre a existência da tartaruga gigante no Alasca.

    4.2 - Específicos:
    -Realizar pesquisas de campo no local dos fatos ocorridos buscando pistas sobre o fato ocorrido;
    - Entrevistar estudiosos sobre animais pré-históricos;
    - Entrevista com esquimós, participantes da expedição japonesa, pilotos e defesa área americana;

    5. Justificativa: A comprovação ou não dos fatos permitirá a adoção de medidas necessárias para impedir futuras tragédias como ocorrida durante essa expedição.

    6. Procedimentos Metodológicos:
    - Base empírica: Região do Alasca onde ocorreu a explosão da bomba atômica;
    - Métodos: Pesquisa documental; Entrevistas; Análise do artefato referente à Gamera;

    7. Cronograma:
    Julho/2012 – Pesquisa de Campo e pesquisa documental
    Agosto/2012 – Análise das amostras e dados
    Setembro/2012 – Divulgação de Resultado

    8. Recursos Necessários:
    - Passagens áreas para a equipe Vitória, ES, Brasil x Alasca, Alasca x Vitória;
    - Diárias;
    - Vestimenta e Acessórios para uso no Alasca;
    - Contratação de guia local;
    - Acompanhamento de especialista em animais pré-históricos e lendas do Alasca;
    - Material e recursos para entrevistas e análise laboratorial do artefato;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vocês fizeram uma CÓPIA da 1º postagem disponível em:

      http://metodologiaci.blogspot.com.br/2012/06/eaiproc2012-da-apqp-esta-aberto.html

      !!!!

      Excluir
    2. Não é uma cópia, pois existem alterações pontuais importantes. Como ninguém teve competência para atender plenamente sequer aos requisitos formais do antigo edital, a APQP achou por bem reeditar a proposta no mesmos termos, apenas com alguns pequenos ajustes, sr. anônimo...

      Excluir

Comente & argumente